Genjitsushugi Yuusha no Oukoku Saikenki - Capítulo 4 A

Tradutor: Kazuki Jiiro Editor: KingOfHornet

Capitulo 4 – Feriado de Parnam A


Várias semanas se passaram desde a primeira transmissão do 『Lanche do Rei』.

Naquele dia, um documento foi entregue ao primeiro-ministro de Elfrieden, Hakuya Kwonmin.

O documento foi feito principalmente pelo departamento de recursos humanos, mas também foi assinado conjuntamente pelos departamentos internos do castelo, incluindo o corpo da Guarda Real e a Agência Doméstica. Havia também nomes do agora mordomo Markus e o Capitão da Guarda Real Ludwin. Perguntando-se sobre o que era, ele lia com pressa o conteúdo.

「…… Entendo」(Hakuya)

Hakuya instintivamente concordou.

◇ ◇ ◇

「… é por isso que gostaríamos que o Rei ficasse de férias」(Hakuya)

「Embora você tenha dito “por que”, eu ainda não entendo o que você quer dizer. 」(Souma)

Enquanto eu estava vendo alguma papelada no escritório do governo, Hakuya veio e de repente me disse para “tirar férias”. Então, coloquei o documento no qual estava trabalhando no topo da mesa.

「É uma petição escrita dos recursos humanos. Eles disseram 『se o cabeça não descansar, as pessoas embaixo terão dificuldade em descansar』. Isso também foi assinado por Markus-dono e Ludwin-dono. Eu, também, adicionei minha própria assinatura. 」(Hakuya)

Ah … isso me lembra, eu não descansei um feriado desde que fui convocado.

「Mas não é como se eu não descansasse nem um pouco… 」(Souma)

Acabei de me acostumar com『Múltiplos Pensamentos Simultâneos』e『Telecinese』recentemente, confiei a documentação à telecinesia enquanto meu corpo real trabalha no『Boneco Musashiboy-kun』 no quarto de Liecia. Ao alternar minhas vontades entre trabalhar e descansar, eu poderia lutar durante 24 horas sem sentir fadiga.

Mas desde que Hakuya é o que menciona, então parece que o problema aqui não é esse.

「Mas mesmo que você descansou, você está sempre no castelo, certo? 」(Hakuya)

「Bem, isso é só no caso de algo acontecer. 」(Souma)

「Então, permita-me dizer que isso não parece uma pausa em tudo. Como você não parece estar descansando, todo mundo está com dificuldade em descansar. Por favor, considere isso. 」(Hakuya)

「Mas, bem, mesmo que você diga isso… 」(Souma)

「Normalmente, eu gostaria que você tivesse vários dias de folga para descansar, mas… 」(Hakuya)

「Nós temos o tempo livre para isso? 」(Souma)

「Nós não temos. 」(Hakuya)

「Você pode dizer isso de novo!? 」(Souma)

Há praticamente um grande número de coisas para nós fazermos. Estamos no nível de querer ajuda de qualquer lugar. Há expansão de armamentos, reuniões com pessoas importantes, correspondência estrangeira e progressos com todos os tipos de reformas, não há fim se eu tivesse que mencionar todos um por um. Há também Aisha, que vem implorando-me para ir à floresta dos Elfos Negros assim que possível (apesar de ter feito contramedidas através do boca a boca). Não há tempo a perder aqui neste país que está sendo empurrado para a borda.

[Kazuki: Esse boca a boca são argumentos.]

Eu disse tantas coisas a Hakuya, mas ele balançou a cabeça.

「Mas considere que isso irá prejudicar a moral e a eficiência do trabalho. 」(Hakuya)

「Então, o que você está me dizendo para fazer? 」(Souma)

「Por favor, consiga espaço para um dia de folga de alguma forma. Enquanto você estiver nisso, pode ser bom para você fazer uma excursão por aí durante esse período. 」(Souma)

Dar uma saída, hein?

「E se eu quisesse ficar no meu quarto desde que finalmente consegui um dia de folga? 」(Souma)

「Rejeitado. Nós gostaríamos que você ficasse de férias onde seus subordinados pudessem ver. 」(Hakuya)

「… você ainda pode chamar isso de férias? 」(Souma)

Eu pessoalmente acho que férias é uma coisa aonde você pode fazer o que quiser, entende?

Eu enviei a Hakuya um olhar significativo, mas eu também poderia falar com uma parede que seria igual.

「Não seria uma boa oportunidade? Por que não aproveita esta chance e leva a Princesa Liecia para dar uma volta ao redor da cidade do castelo? 」(Hakuya)

「Você está me dizendo para ir em um encontro? 」(Souma

「Você está noivo, afinal. Mostre às pessoas que vocês estão se dando bem. 」(Hakuya)

「Então, essa não seria uma exibição oficial então? 」(Souma)

Você está nos dizendo para fazer algo como um [Kou○○ Album]?

[Kazuki: Kou○○ Album – Álbum Koushitsu, parece uma série de TV sobre a Família Imperial.]

「… e o que você vai fazer sobre o detalhe da escolta? 」(Souma)

「Você não tem Aisha-dono? 」(Hakuya)

「Você está me dizendo para levar uma menina enquanto eu estou em um encontro com outra!? 」(Souma)

「Uma flor nas duas mãos. Mais invejável! 」(Hakuya)

「Você realmente não quer dizer que você… 」(Hakuya)

Haaah… Bem, desde que finalmente estou tendo férias e tudo mais, vamos fazer isso com um pouco de diversão entre amigos. Eu também poderia trazer Tomoe-chan junto, eu acho. Eu poderia ir ver o café musical que Juna-san vai.

「… bem. Vou tirar férias. 」(Souma)

「Entendido. Muito obrigado. 」(Hakuya)

Eu enviei um olhar frio para Hakuya, que se curvou reverentemente.

◇ ◇ ◇

「Agora, eu me pergunto para onde Liecia foi? 」(Souma)

Eu queria dizer a Liecia que temos um dia de folga, mas ela não está no quarto dela. O que significa que ela deveria estar em algum lugar no campo de treinamento do castelo. Agora que seu status de realeza ainda estava no ar devido à minha entronização e apenas o título de oficial do exército sob Georg Carmine tinha sido deixado para ela, ela não tem mais trabalho no castelo. Liecia só estava me ajudando ao máximo. Ela estava reclamando que não tinha nada para fazer além de se juntar aos Guardas Reais para praticar, eu acho.

Fui ao redor do campo de tiro e o salão de treinamento interno, e finalmente a vi quando visitei o pátio depois.

Ela estava cruzando espadas com Aisha.

「HAAAAAAAAAAAAA! 」(Aisha)

「…….. 」(Liecia)

Aisha, gritou alto, um grito cheio de espírito de luta, brandindo uma espada que provavelmente seria maior do que ela, que já era alta.

E, em contraste, Liecia estava olhando silenciosamente através do ataque de Aisha, desenhando sua rapieira.

Não é óbvio para olhos inexperientes qual delas é a mais forte.

Era Aisha, que poderia repetidamente entregar golpes que poderiam ferir seriamente se eles atingissem, ou era Liecia, que entregava estocada triplas estocadas com sua rapieira, procurando uma lacuna enquanto se defendia contra esses ataques, ou era Aisha, que escovava aqueles ataques da rapieira enquanto atacava apenas com suas luvas, ou era Liecia quem viu uma lacuna e entrou com tudo, não deixando Aisha levantar sua grande espada… Isto é realmente uma batalha simulada?

A luta armada entre essas duas se intensificou, não sei qual parte é a prática e qual parte é a séria.

「『Vento Sônico』! 」(Aisha)

「『Espada Montanha de Gelo』! 」(Liecia)

Agora elas estão começando a usar magia e habilidades!

O『Vento Sônico』de Aisha parece ser uma onda de vento cortante lançada de sua grande espada, depois de ser esquivado por Liecia, cortou a árvore atrás da direita dela pela metade diagonalmente. Por outro lado, a『Espada Montanha de Gelo』 da Liecia congelou instantaneamente o chão em uma pista de patinação no gelo e criou inúmeras ​​estacas, Aisha cortou as estacas que pareciam querer a atravessar

…… o que é isso, uma luta de vida ou morte?

Eu já tinha visto magia neste mundo. Eu tenho brincando como um aventureiro usando o『boneco Musashiboy-kun (grande)』recentemente para praticar a operação do meu boneco, então eu vi os aventureiros que mergulharam em masmorras comigo usarem magia. No entanto, a magia usada pelos aventureiros (nível iniciante) que mergulharam na masmorra comigo estava apenas a ponto de disparar bolas de fogo, arremessar gelo e curar feridas simples.

Nunca imaginei que a magia se tornasse absurda quando usada por um especialista.

Aisha é forte, mas Liecia também é consideravelmente poderosa. Elas tiveram um olhar animado em seus olhos de encontrar um rival digno, ou melhor, elas estão brilhando.

É por isso que as pessoas militares são tão… esperam, se eu deixá-las assim, elas vão destruir o castelo!

「VOCÊS DUAS…. PAREM COM ISSO」(Souma)

「Huh! 」「UWAA ! 」(Aisha e Liecia)

As duas retornaram aos seus sentidos e pousaram, ao mesmo tempo, seus pés escorregaram e elas caíram em suas costas.


Capítulo Anterior | Próximo Capítulo