Genjitsushugi Yuusha no Oukoku Saikenki - Capítulo 0

Tradução: KingOfHornet | Editor: KingOfHornet

Capítulo 0 – O Herói não segue uma jornada


A vida tem suas fortunas e suas dificuldades.

Eu acredito que essas palavras do velho homem de um Mito são um ditado sábio. A vida tem suas montanhas e vales. É exatamente porque alguém sofreu a adversidade que se poderia navegar, e se alguém continuar tomando o caminho mais fácil, em breve se encontrará cercado por declives. A conclusão é, portanto, uma pessoa deve perseverar através das escaladas da vida, mas eu penso diferente.

Isto é o que eu penso.

Posso andar por uma trajetória sem subidas ou descidas, de dor moderada e conforto moderado.

O que eu poderia fazer e o que eu não poderia fazer.

O que eu quero fazer e o que eu não quero fazer.

O que eu quero que os outros façam e o que eu não quero que os outros façam.

Ao certificar-se de tudo isso, eu ando procurando uma trajetória que seja adequada para quem eu sou no momento. Eu vivo uma vida constante, sem tomar riscos desnecessários, sem colecionar o ódio dos outros. Provavelmente há aqueles que pensam “o que é tão divertido sobre uma vida sem dores e prazeres”, mas por favor pense nisso. Independentemente do que alguém quer ou não quer, a vida sempre terá suas tempestades.

Inescrutável são os caminhos do céu. Portanto, deve-se definir a instabilidade até um nível que alguém poderia controlar.

Isso foi praticamente como eu vivi minha vida.

Calmamente analisando minhas próprias habilidades pessoais, limites, ambiente circundante, estado financeiro e relacionamentos, avaliando-os não demais, nem muito pouco, sem mirar muito alto ou muito baixo… … essa é a minha vida.

Dessa forma, eu desfrutei de uma vida moderada, indo para o ensino médio perto de casa, se graduando de uma escola secundária particular medíocre, e passando a vida universitária em uma faculdade não muito famosa, mas ainda uma com uma reputação semelhante a essas. Se isso continuasse, provavelmente eu levaria uma vida universitária não tão ruim, conseguir um emprego não tão ruim, e construir uma casa não tão ruim com uma parceira que não seja tão ruim. As pessoas provavelmente pensariam que eu sou ruim, mas esta é toda a navegação suave para mim.

No entanto, esse meu plano de vida foi derrubado.

Ele foi derrubado por esse homem diante dos meus olhos.

「O Herói! Você realmente veio responder o nosso chamado!」(Rei Alberto)

Um homem de meia-idade com uma constituição média. Sua idade era provavelmente por volta dos 40 ou 50 anos.

Ele está vestindo uma capa vermelha tão grossa quando um casaco e uma coroa dourada em cima de sua cabeça.

Ele ficou majestosamente, sim, não importa como você olhe, ele é um『Rei』.

A jovem, mulher de aparência gentil ao seu lado, provavelmente era a『Rainha』.

Ela estava vestindo um vestido luxuoso e parecia ter cerca de trinta anos de idade.

Tentei examinar meus arredores. Um teto excessivamente alto, pilares de mármores dispostos em linhas e tapete vermelho embaixo.

Em ambos os lados, soldados estavam uniformemente atentos, e havia um homem que parecia um primeiro-ministro misturado entre eles.

Era indubitavelmente um auditório do palácio real… ou algo assim. Algo que você vê nas cenas de aberturas de RPG.

O Rei, o palácio real, então a fala “O Herói” que eu ouvi há algum tempo.

Hrm… parece que este é um dos “aqueles mundos”.

Seja calmo enquanto você se apresse, e alargue a sua visão para ver o invisível.

Eu sempre caminhei todos os dias por um caminho plano. A precipitação não vai mudar as coisas para melhor, fechar meus olhos ou parar meus ouvidos não fará a realidade antes que eu desapareça. Portanto, eu primeiro deveria chegar a um acordo com a realidade até certo ponto e reunir informações. Primeiro, observamos.

「P… por que esse olhar? Você está com raiva que nós o chamamos?」(Rei Alberto)

Enquanto permanecia em observação, o Rei disse isso, hesitante. Onde foi parar a sua dignidade?

「Não, não consegui entender a situação. Em primeiro lugar, você seria gentil o suficiente para explicar a situação atual?」(Souma)

「V… você é calmo. Eu sou invejoso…」(Rei Alberto)

「Ahem.」(Primeiro Ministro Markus)

「Eu, não é nada!」(Rei Alberto)

O primeiro-ministro limpou a garganta e o Rei deu de ombro com um começo. Ao ver essa troca, a Rainha riu e até os guardas sorriram amargamente. A partir desta cadeia de trocas, posso ver que o “Rei de aparência Gentil ” é realmente um “Rei Gentil”. Ele parece não ter ambição para alguém no topo de um país, mas, como estadista, ele provavelmente era um rei amável amado por seus assuntos.

Pelo menos ele não parece ser alguém que enviaria o Herói para algum lugar de morte certa ou afastar o Herói, uma vez que o julgar inútil, o que foi um alívio. Não, não, lendo web novels com histórias semelhantes recentemente, entendo. Bem, os Reis assim acabaram se vingando dos Heróis que voltaram para eles, embora. Lendo histórias com parcelas como esta foi refrescante, mas se você me perguntar se eu quero experimentar algo assim, a resposta é definitivamente um não.

Agora que eu disse isso, isso deve ser compreensível, mas eu reconheço que eu era o alvo da chamada [Invocação de Heróis] deste Rei. Desviando meus olhos não mudará a situação. Portanto, quaisquer pensamentos clichês como ‘Eu me pergunto se isso é um sonho’ é uma perda de tempo.

「Então? O Rei Demônio vem atacar ou algo assim?」(Souma)

「Você é rápido para entender. É como você diz.」(Rei Alberto)

「…」(Souma)

「O, oi, o que aconteceu, Herói. De repente, enterrou sua cabeça em seus braços.」(Rei Alberto)

「Não… não nada. Eu apenas me senti um pouco tonto.」(Souma)

Isso é estranho. Este é um desenvolvimento clichê, mas está doendo minha cabeça.

Vendo como o Rei Demônio está vindo para atacar eles certamente tiveram tempo de chamar um Herói, espere…

「Desculpe. Você pode explicar a situação?」(Souma)

「Eu… é assim mesmo? Então eu vou explicar.」(Rei Alberto)

Assim começou o Rei ‘Explanação tediosa do mundo em linha reta de uma antiga abertura RPG’.

Em primeiro lugar, sobre este mundo em si, este mundo é composto do grande continente de Randia e inúmeras ilhas de todos os tamanhos. No continente de Randia há muitos países pequenos e grandes, e além dos humanos, existem várias raças de Terianhrope, elfos, anões, ogros e dragonewts que vivem lá. Entre os países, há aqueles em que as raças coexistiram, mas há aqueles que tratam a própria raça favoravelmente e banem outras raças, ou aqueles em que toda raça era “igual sob o único imperador”. Esses países levantaram suas hegemonias e guerrearam, mas devido a uma terrível tragédia de uma guerra mundial há sessenta anos, em seguida, os países seguiram o curso da cooperação pacífica.

Em seguida, foi sobre o Rei Demônio e a Raça Demoníaca. Há dez anos, no extremo mais ao norte do continente de Randia, apareceu um espaço popularmente conhecido como 『Reino dos Demônios』. A partir daí vários tipos de monstros grandes e pequenos apareceram, causando estragos em muitos países. As nações se uniram e organizaram uma força punitiva para o Reino dos Demônios, mas foi aniquilada. No Reino Dos Demônios, existem 『Criaturas Demoníacas』 com baixa (ou possivelmente não) inteligência, e 『Raça Demoníaca』 com alta inteligência e capacidade de combate poderosa, mas a destruição da força punitiva foi causada pela Raça Demoníaca. Também há rumores não confirmados de um Rei governando sobre a Raça Demoníaca, o 『Rei Demônio』.

Após essa guerra, a Raça Demoníaca fez uma contra invasão. O Mundo Demônio que foi inicialmente apenas do tamanho de um pequeno reino veio a cobrir um quinto do continente. Hoje em dia, este território é chamado de 『Território do Rei Demônio』. A invasão já parou, mas a razão era porque o número de soldados despachados para cada fronte para expandir o território estava disperso, e as nações foram de alguma forma capazes de manter as frontes. No entanto, as nações não tinham a mão-de-obra para invadir o Território do Rei Demônio, e se o lado da Raça Demoníaca se concentrasse em uma área, as outras áreas seriam invadidas, então o impasse entre eles continuou.

Em seguida, trata-se deste país. Este país é o 『Reino de Elfrieden』, uma monarquia de médio e pequeno porte situada na ponta mais oriental do continente. Foi desde o início um país criado por várias raças trabalhando de mãos dadas, e mesmo com um Rei humano, aceita outras raças sem discriminação. Qualquer raça pode desfrutar dos direitos de cidadania, do sufrágio e praticamente todas as ocupações além de 『Rei』 estão abertas a qualquer raça. Parece mesmo que o primeiro ministro que aconselha o Rei é um meio-elfo humano.

[King: Sufrágio – Direito a voto.]

Como não faz fronteira com o Território do Rei Demônio, recebeu pequenos danos causados pelos ataques de Criaturas Demoníacas, mas faltava poder nacional desde o início e suas finanças não estavam em boas condições. Além da suficiência alimentar baixa, os refugiados que perderam suas casas para a expansão do Território do Rei Demônio que flui para este país apenas exacerbaram o problema.

Além disso, nuvens escuras parecem estar se formando fora das fronteiras. As relações com o [Império do Grande Caos] parecem estar se deteriorando. O Império que possui o maior domínio fora do Território do Rei Demônio era um país que compartilha a fronteira mais longa com o Território. Foi também a nação que liderou a primeira invasão do Território do Rei Demônio. A fim de reivindicar sua honra, parece que eles estavam planejando uma segunda invasão, e, portanto, impôs uma demanda não razoável chamada de [Recurso de Apoio de Guerra] às nações. Era algo de um ladrão de bairro, dizendo: “Vamos à guerra, então, dê-nos dinheiro e suprimentos. Se você não fizer o que dizemos, vamos derrotar o seu país.”

Por fim, sobre a Invocação do Herói que me trouxe para este mundo. O Império, por sua vez, enviou o [Recurso de Apoio à Guerra] também para o Reino de Elfrieden. Parece que o apelo continha o texto “Se você não poder pagar o dinheiro de apoio, você pode usar o ritual de invocação de Herói transmitido em seu país, convocar um Herói e enviar esse Herói ao Império.” Era óbvio que este país não tem os fundos de reposição para pagar o apoio, por isso ficou claro que o Herói era seu objetivo.

O que não estava claro era qual era a expectativa deles; eles queriam usar o Herói como um bem de guerra, ou talvez para dissecá-lo para estudar e desenvolver novas armas, ou possivelmente nunca esperaram nada para começar e só quis usar o fracasso em responder o apelo como uma desculpa para anexar o Reino de uma só vez. Diante dessa situação, o Reino decidiu, pelo menos, realizar o Ritual de Invocação de Heróis. Se eles entregarão o Herói ou não, ele ainda estava indeciso, mas se eles invocassem o Herói com sucesso, ele se tornará seu cartão de negociação. Portanto, eles não tiveram escolha senão mostrar que eles pelo menos responderam ao Apelo e realizaram o Ritual.

Além disso, ninguém do país ‘esperava que a Invocação do Herói fosse bem-sucedida’.

BANG!

「Hiii! Lamentamos muito!」(Rei Alberto)

Pisoteei meu pé e o Rei levantou-se com medo.

E daí? Eu realmente fui chamado por acaso, sem que ninguém esperasse que eu fizesse nada.

Este não é um problema que você pode resolver com um ‘nós não achamos que isso funcionaria, tehepero ☆’!

[King: Tehepero]

Maldito, você está dizendo que o meu Plano da Vida Tranquila está arruinado por algo estúpido assim!?

「Tch… O que você vai fazer então?」(Souma)

「O… o que você quer dizer com oquê?」(Rei Alberto)

「Se você está me enviando para o Império ou não, é claro.」(Souma)

Provavelmente não era a linguagem que eu deveria usar para um idoso e uma pessoa em um estrato social superior, mas por favor tenha alguma simpatia. É uma situação que poderia decidir a minha vida e a minha morte, então, obviamente, perderia a paciência. Para não mencionar porque o Império pode decidir a vida e a morte do Reino, não há significado para mim me abater.

「Isso é… Nós nos perguntamos o que fazer. Estamos perplexos.」(Rei Alberto)

O Rei pareceu seriamente perturbado. Isso é um pouco inesperado.

Eu esperava totalmente que ele se apegasse a mim em lágrimas ou se prostrasse dizendo “Temos medo do Império! Por favor, vá para o Império por causa do nosso país!”. Este Rei parecia tímido, você vê. Apesar de ser o Invocador, ele não parece que me abrigaria contra os desejos do Império.

「Por que você está tão preocupado? Você tem medo do Império certo?」(Souma)

「Estamos assustado! Estamos com medo, estão estamos preocupados!」(Rei Alberto)

「Com todo o respeito, cuidarei das explicações a partir daqui.」(Primeiro Ministro Markus)

Aquele que disse era o Primeiro Ministro meio-elfo.

「Atualmente, a diferença entre o nosso e o poder do Império é clara. Somos completamente incapazes de desafiar o Império. Mas (in) felizmente, o Herói é o nosso país e a única carta restante. Se dermos esta carta, nosso país não tem nada para negociar com o Império. No final, eles arrancariam o Herói e derrubariam nosso país sem hesitação.」(Primeiro Ministro Markus)

「Bem… isso pode acontecer.」(Souma)

Oushuu Fujiwarashi deixaram o cartão conhecido como Minamoto Yoshitsune é um bom precedente. As pessoas que renderam e entregaram seu curinga por uma ameaça temporária não têm futuro. Ah, mas ainda não estou confiante de que sou um curinga. Eles dizem que eu sou um Herói ou algo assim, mas eu me pergunto se eu acordei com algum poder especial ou outro… Apenas no caso, vou perguntar.

「Na verdade, o que é um ‘Herói’? Não lembro de ser algo assim.」(Souma)

「Eles dizem que o Herói é ‘aquele que mostra o caminho para a mudança da era’.」(Primeiro Ministro Markus)

Então, não um que ‘derrota o Rei Demônio’…

「Não é obscuro demais?」(Souma)

「Estamos na falta de dados de qualquer forma.」(Primeiro Ministro Markus)

「Então você fez a cerimônia com essa falta de dados.」(Souma)

「Estamos muito envergonhados.」(Rei Alberto)

Essa papelada, como uma desculpa, não me fará feliz, você sabe.

De qualquer forma, isso é preocupante. Não importa o que eu faça, há pouca informação.

Portanto, o que precisamos mais agora é o tempo.

「… Rei, eu tenho uma proposta.」(Souma)

「O que é isso? Diga o que quiser.」(Rei Alberto)

「Gostaria de discutir o que iremos fazer depois disso. Não de pé como agora, mas sim com cuidado, sentando em cadeiras. Vamos ver… nós três, eu, você e o Primeiro Ministro ali.」(Souma)

「Hm. O que você acha, Markus?」(Rei Alberto)

「Tudo bem, eu acho.」(Primeiro Ministro Markus)

Perguntado pelo Rei, o Primeiro Ministro Markus inclinou a cabeça.

「Portanto, colete materiais sobre este país. Concentre-se especialmente em materiais relacionados à tributação, agricultura e pesca, economia e indústria e transporte intra-reino. Eu gostaria de materiais sobre Heróis, também, mas… bem, vamos deixar isso por enquanto.」(Souma)

「Entendido. Nós devemos reuni-los imediatamente.」(Primeiro Ministro Markus)

Então, esta ocasião foi interrompida por agora, e fui formalmente chamado para o escritório do Rei. Sentei-me no sofá suave, de frente para o Rei e o Primeiro Ministro Markus em conferência após a conferência. Por enquanto, conversamos sobre todas as coisas possíveis. Foi principalmente uma reunião em que li os materiais reunidos e perguntei sobre cada detalhe minucioso, e esses dois inesperadamente ansiosamente entraram a bordo com o plano que apresentei.

Finalmente, a reunião terminou, o rosto extremamente brilhante do Rei quando ele saiu da sala estava agora se tornando um tópico quente entre os guardas. Era o rosto de um homem que havia tomado uma decisão, dizem eles.

◇ ◇ ◇

Então, no dia seguinte, o Rei que reuniu o importante pessoal do castelo na câmara de audiência, voltou-se para eles e proclamou alto.

「Nós, o 13º Rei do Reino de Elfrieden, Alberto Elfrieden, declaro que abdicamos do trono ao Herói convocado Soma Kazuya! Além disso, anunciamos o noivado entre nossa filha Liecia Elfrieden e Soma-dono!」(Rei Alberto)

A área ficou em silêncio. Todas as pessoas estavam perdidas sem palavras.

Os únicos que ficaram calmos provavelmente eram apenas a Rainha e Markus.

Significando, foi uma bomba de um anúncio surpresa ‘mesmo para mim’.

◇ ◇ ◇

[Esboço de Personagem: Alberto Elfrieden]

13º Rei do Reio de Elfrieden, reinando durante o tempo da aparição do Reino dos Demônios.

Ele era possuído de uma personaldiade extremamente delicada e era amado por seus súditos, mas, por outro lado, ele não tinha determinação e não tinha realizações notáveis durante o reinado. Contudo, porque ele também não cometeu erros notáveis, ele era uma existência que incomodaria historiadores posteriores sobre se ele era um Rei inteligente ou um insensato. No entanto, o fato de ele reconhecer seus próprios limites, e apesar de estar apenas nos cinquenta anos abdicou do trono ao Herói que mais tarde seria o fundador do Império Elfrieden o Imperador Soma E. Elfrieden, empurrou a agulha ligeiramente para o lado inteligente do medidor.


Capítulo Anterior | Próximo Capítulo