Awakening - Capítulo 53

 


Capítulo 53 – Você Gostou?


No Domingo, Masashi chegou ao lugar designado que ele havia concordado, que era um café de frente do hotel Shinjuki Keio.

Era feriado Shinjuko fazendo o lugar estar com mais pessoas do que o habitual, e a maioria delas eram jovens elegantemente vestidos.

Sob a orientação do garçom, Masashi logo encontrou Aiko e seus amigos.

Ao ver Masashi, as três garotas pareciam alegres, mas Aiko era a única que se sentia desconfortável.

“Usando isso, como você pode fingir ser meu namorado?”

Masashi olhou para si mesmo e depois disso: “Isto é o que eu costumo usar, há algo de errado com isso?”

“Não é bom. Está muito pobre. Vamos pegar algumas roupas para ele.” Aiko acenou as mãos para o garçom sinalizando que iria pagar.

As outras três estudantes também se levantaram revelando um grande sorriso no rosto.

Masashi também com relutância acenou com as mãos.

Depois de sair do café, Aiko junto com Masashi foram ao mais movimento shopping de Shinjuko, que era o centro comercial de Shinjuko.

“Aqui, experimente este.” No distrito de moda masculina, Aiko olhou ao redor um pouco, depois tirou um terno verde GUCCI e entregou-o para ele.

“Além de participar de funerais, geralmente não uso ternos.” Masashi sentou-se em uma cadeira, enquanto as observava pegar roupas por turnos

“Então, que tal esse?” Asami veio segurando um blazer de frio.

“Faz algum parecer como se estivesse pelado.”

“Então, e esse?” Ryoko levantou um jeans azul.

“Você quer que eu morra de calor?”

“Então você escolhe, que cara problemático.” Aiko começou a ficar impaciente.

“Seus gostos são muito problemáticos.” Masashi rapidamente pegou partes de roupas casuais cinza claro e depois entrou no vestiário.

Depois de um tempo, Masashi saiu do vestiário, ainda segurando a camisa.

“Vamos. Já estava na hora. Senhorita, você poderia me ajudar a empacotar essas roupas.” Masashi entrou a camisa para a funcionária.

As garotas olharam por um momento em direção às roupas empacotadas pela funcionária.

Ao ver Aiko tirar o cartão de crédito, Masashi imediatamente foi sua frente de sua mão segurando o cartão de crédito.

“O que você está fazendo?”

“Nada, simplesmente não costumo deixar uma mulher me ajudara pagar.”

“Machismo.” Aiko não insistiu e guardou o cartão de crédito.

“Ei, você está trazendo essas roupas para onde estamos indo? Rapidamente jogue fora.” Saindo da porta, Aiko viu Masashi ainda carregando uma bolsa de plástico.

“Irmãzinha, desperdiçar coisas não está certo. Além disso, eu realmente gosto dessas roupas.”

“Gennai-san, vou guardar por você, e devolvê-las mais tarde.” Ai de repente sussurrou.

“Ah, então eu vou te incomodar.”

“Não é um incomodo, não é um incomodo.” Ai sussurrou.

Depois de se separar das três garotas, Aiko voltou com Masashi para o café enquanto mais meninos apareceram.

Pouco depois, um menino vestido com um terno preto, com uma grande acne no rosto, veio com alguns meninos.

“Aiko, não pensei que você viria tão cedo. Acho que cheguei tarde.” Os olhos do menino brilhavam enquanto ele a olhava.

“Na verdade, acabamos de chegar não muito tempo atrás. Mito-san, vou te apresentar, este é o meu namorado, Gennai Masashi, e este é o cara que eu falei, meu colega Mito Toyokawa.”

Masashi olhou profundamente para o menino, estendeu a mão e disse: “Olá, Mito-san.”

Mito Toyokawa não apertou a mão dele, enquanto olhava para Aiko surpresa, “Aiko, ele é realmente seu namorado?”

“Por que ele seria falso? Eu já lhe disse que já tenho um namorado, mas você não acreditou em mim.” Aiko colocou uma fachada muito natural.

Masashi suspirou em seu coração, emocionalmente, toda mulher nasce mentirosa. Seja uma menina ou uma mulher, elas ainda seriam as mesmas.

“Eu não acredito em você. Você deve estar tentando me enganar.” Mito parecia estar muito animado.

Masashi sabia que era hora de agir.

Ele caminhou em direção a Aiko, imitando o ator de uma série de drama de televisão, então ele colocou sua mão em torno de sua cintura e depois disso ao menino: “Mito-san, Aiko é minha namorada, então não a incomode novamente. Se não houver mais nada, vamos indo, ainda temos um filme para assistir, se você nos der licença.” Com isso, Masashi segurou a mão de Aiko enquanto caminhavam em direção à porta.

Mito parou e os viu partir.

Os dois saíram do café e foram para um lugar distante, após isso Masashi soltou a mão de Aiko.

“Vamos chamar isso de um dia, isso foi bastante idiota.” Masashi bocejou.

“É isso?” Aiko não podia acreditar.

“Falar demais levaria a erros, mais alimentando falsos detalhes, em vez disso, cria dúvida nas pessoas. Isso está certo. Olhei para aquele cara, e parecia que ele não te incomodaria mais.”

“Mas… mas… Não há realmente mais problema?”

Masashi baixou a cabeça por um momento, e de repente tirou uma caixa de joias do bolso.

“Isto é para você.”

“O que é?” Aiko pegou a caixa e olhou para ele.

“Apeans abra e veja.”

Aiko curiosamente abriu a caixa e viu um bracelete especialmente projetada e bem artesanal.

“Isso… Isso é para mim?” Perguntou Aiko, muito surpresa.

“Você gostou?”

Aiko olhou para a pulseira uma e outra vez e começou a gostar cada vez mais, vendo esse item, ela não conseguiu mais resistir ao seu charme. Mas ela de repente sentiu um pouco de perplexidade e perguntou: “Por que de repente você me deu uma coisa dessas?”

“Nada demais, apenas o vi e senti que ficaria bem em você, então comprei.”

“Isso é tão simples?” Aiko olhou para ele com desconfiança.

“As coisas sempre foram muito simples, elas são apenas complicadas por algumas pessoas.”

Aiko estava cansada de ouvi-lo pregar, e felizmente colocou a pulseira na mão esquerda, mas achou um pouco grande demais.

“Tola, esta é uma pulseira para o tornozelo, não é uma pulseira.” Masashi não podia deixar de rir.

“O que, pulseira para o tornozelo?” Aiko olhou com cuidado, e com certeza, o diâmetro do bracelete era quase o mesmo que seus pés.

Aiko não podia esperar para se agachar e apertá-lo no tornozelo.

Ela se levantou e olhou para ele, então chutou seu pé, pensando que era muito divertido.

Seu problema está resolvido e eu também te dei um presente, então irei agora.”

“Você… Você está saindo agora?” Aiko pensou que ele a convidaria para assistir um filme ou ir a outro lugar para jogar.

“Algo errado? Você não quer que eu vá embora?” Disse Masashi com um sorriso.

“Bem, como você pobre diabo não está disposto. Então tanto faz, eu irei primeiro.” Aiko resmungou enquanto falava.

“Ei, criança, você parece ter esquecido uma coisa.”

“O quê?” Aiko olhou para ele estranhamente.

“Quando alguém a ajuda, você não precisa dizer alguma coisa depois?” Disse Masashi com um sorriso.

Pensando por um tempo, Aiko afirmou em voz alta: “Obrigada.”

“Cara detestável.” Com isso, ela ficou com raiva.

“Criança engraçada.” Ao vê-la mais e mais longe, Masashi sorriu e caminhou em uma direção diferente.

Por volta das 0:00, Masashi geralmente praticava em seu quarto. Quando de repente, ele ouviu uma batida na porta.

Ouvindo a batida, ele abriu a porta e acabou por ser Kazumi, “Kazumi, o que aconteceu?”

“Irmão, alguém está ligando para você.” Kazumi lhe deu o telefone celular.

“Você foi acordado pelo barulho, então volte a dormir.” Disse Masashi enquanto pegava o telefone.

No entanto, Kazumi não foi, e apenas olhou para ele discretamente.

“O quê, Aiko está desaparecida? Quando isto aconteceu?”

“Eu sei.

“Ah, eu conheço esse lugar, estarei lá em dez minutos.

Depois de deligar o telefone, Masashi imediatamente colocou um casaco.

“Irmão, o que aconteceu?”

“Nada demais, um amigo simplesmente desapareceu de repente, vou dar uma olhada.”

“Então você tem que ter cuidado.”

“Tenha certeza, basta voltar para a cama, você ainda precisa ir à escola amanhã, não se preocupe comigo.” Masashi a confortou por um momento e depois saiu. Depois de alguns passos, ele de repente voltou ao seu quarto e colocou algumas coisas no bolso.


Capítulo Anterior | Próximo Capítulo