Awakening – Capítulo 46


Capítulo 46 – Chão


“O que você está tentando fazer?” Masashi olhou desde o início até o fim o homem sorridente.

“Eles podem não saber, mas se houver uma pessoa que saiba, essa seria você, Gennai Masashi.”

“Eu não sei do que você está falando?”

“Sério? Depois de olhar para isso, você deve se lembrar.”

Maruo caminhou até o meio da sala tirando a enorme lona do chão.

Masashi olhou para algo no chão, todo seu corpo tremendo.

“Então é você.”

“Você finalmente se lembrou. Gennai-san.” Disse Maruo, amargamente tocando o lado direito do peito.

“Você nos sequestrou em relação a dinheiro, certo? Enquanto você não me machucar, eu vou te dar o quanto quiser.” O namorado de Shizuko gritou do lado.

“Você é muito rico, certo?” Maruo foi até ele.

“Sim, sim. Meu pai é o presidente. Enquanto você…” Antes que ele pudesse terminar de falar, o homem de repente chutou sua cadeira o derrubando no chão.

“Você achou que eu peguei você por dinheiro? Moleque deplorável, nem sabe que está prestes a morrer. Gennai-san, você está interessado em satisfazer sua curiosidade?” Maruo perguntou para ele.

“Não, não me mate, eu não quero morrer, eu lhe darei tudo o que quiser, não me mate…” Ouvindo a palavra “morte”, Murata gritou histericamente.

Influenciado por ele, os outros também começaram a gritar.

Maruo foi até Murata e deu uma bofetada em seu rosto, revelando sangue no canto de sua boca.

“Eu odeio pessoas que me interrompem quando falo, quem me interromper, morrerá.” Quando ele disse isso, ele tirou uma faca, fazendo um gesto.

Ninguém ousou a falar novamente. Toda a sala imediatamente ficou quieta. Somente o som da respiração rápida e algumas meninas mordendo os lábios tentando não chorar podiam ser ouvidos.

“Gennai-san, você ainda não quer falar? Não achas que esse moleque é lamentável?” Maruo fez uma expressão de arrependimento.

Ouvindo ele falar, pensando que tinham esperança, todos olharam atentamente Masashi.

Depois de um tempo, vendo que ele ainda estava em silêncio, alguns garotos não podiam deixar de querer gritar, mas vendo Maruo, de repente eles ficaram com medo de falar.

Masashi olhou para a presença de mais de uma dúzia de jovens, depois disse com um suspiro: “Esse cara tem causado tantos problemas cortando o tórax e o abdômen em pedaços das vítimas, ele é o Estripador de Tokyo.”

“O quê!?” Todos exclamaram com surpresa.

Embora a polícia temesse que isso causaria muita comoção, bloqueando as notícias, os jornais, mas nesta era de surtos de informações, nada pode ser completamente mascarado, muito menos uma situação tão grande como essa.

Quase todos aqui sabiam o que Estripador de Tokyo significava. Neste momento, quase todos estavam desesperados. Intenso pânico envolveu toda a sala novamente.

“Você ainda não terminou, Gennai-san. Se não for suas diretrizes, como esses policiais idiotas podiam me encontrar? É por isso que, uma pessoa que pode antecipar meu curso de ação, absolutamente não pode saber o motivo pelo qual fiz isso.” Maruo disse enquanto acariciava suavemente o chão que representava quase metade do chão, cheio de padrões de cores estranhos e esquisitos.

“Você não quer apenas pegar esse cara, não nos importamos com ele? Peço-lhe, deixe-me ir, não vou contar isso a ninguém. Por favor, acredite em mim.” Uma pessoa que Masashi nunca conheceu disse a Maruo.

“Sim, você só quer esse cara, deixe-nos ir embora, eu imploro a você…” O namorado de Shizuko e a voz de Murata ecoaram alto.

“Vamos, por favor, me solte.”

“Gennai-san, você vê, esse é a verdadeira face dos humanos.

“Desculpe, não é só ele quem eu quero, mas eu também quero todos vocês. Se houver menos pessoas aqui, meu ritual pode falhar. Portanto, ninguém pode ser uma exceção.” Maruo usou um pano para limpar suavemente a faca.

“Você acha mesmo que este ritual podre continuará, você realmente acha que pode obter o que deseja? Você é tão ingênuo.” Masashi zombou.


Capítulo Anterior | Próximo Capítulo